Salmos 80.8–19Dos altos céus olha e vê! Toma conta desta videira,
da raiz que a tua mão direita plantou, do filho que para ti fizeste crescer! (v14-15)

A Grande Videira no Hampton Court Palace chama a atenção, principalmente por causa de seu tamanho – é a maior e mais antiga videira do mundo. Embora tenha sido plantada em 1768, ela ainda dá frutos – cerca de 250 a 300 quilos por ano. O que mais chama a atenção, no entanto, é o solo ao redor da videira. Ele é rico, preto e aparentemente cheio de nutrientes – e estéril. Os jardineiros não permitem que nenhuma erva daninha ou outras plantas cresçam ali, pois essas plantas sugariam a nutrição da videira.

No Antigo Testamento, Israel é frequentemente comparado a uma vinha, um tema que também exploraremos em Isaías. Mas no salmo que estamos examinando hoje, vemos uma abundância de imagens junto com um presságio de Jesus – “o filho do homem que para ti fizeste crescer” (v17). Como é belo o fato de o salmista ter recebido essa revelação. Afinal, Jesus, em Sua última conversa com Seus discípulos, fala sobre ser a videira verdadeira e eles, os ramos (veja João 15). A Grã-Bretanha pode ter uma grande videira, mas Jesus é a maior videira de todos os tempos.

Há ervas daninhas ou plantas competindo por nutrientes em seu solo, impedindo-o de estar enraizado na Videira? Talvez você possa dedicar algum tempo hoje
para pensar em permanecer em Jesus, pedindo a Ele que garanta que você receba a nutrição que você precisa. Que possamos nos manter conectados à nossa Fonte, para que possamos dar frutos que perdurem.


Escritura A Considerar:
Is 5.1–7; Zc 3.6–10; Mt 21.33–40; Jo 15.1–8

Uma Ação A Tomar:
Se puder remover ervas daninhas de um jardim, faça-o com atenção e oração. Caso contrário, pense em uma foto da Grande Videira.

Uma Oração A Fazer:
“Senhor Jesus, Tu és a videira e nós somos os ramos. Nós Sabemos que, sem Ti, nada podemos fazer. Conduza-nos e encha-nos com Tua presença amorosa neste dia. Amém.”

Micha Jazz is Director of Resources at Waverley Abbey, UK.