2 Timóteo 1:6–9

‘Por essa razão, torno a lembrar-lhe que mantenha viva a chama do dom de Deus que está em você mediante a imposição das minhas mãos.
Pois Deus não nos deu espírito de covardia, mas de poder, de amor e de equilíbrio.’(vv6–7)

Uma razão para as más decisões é o fato de que muitas vezes somos movidos por nossas emoções. Alguém disse certa vez: “Quando estamos com raiva, fazemos o melhor discurso de que nos arrependemos”. Todos nós podemos nos identificar com o discurso ardente e emocional que fizemos antes de girar sobre nossos calcanhares, saindo da sala e batendo a porta atrás de nós. Os sentimentos imediatos de ‘Bem dito!’, lentamente se dissipam e percebemos que agora temos que voltar atrás humildemente e enfrentar a pessoa que ferimos com nossas palavras.

Não é um ponto fácil de reentrada, um ponto que começa com um pedido de desculpas honesto e procede a partir daí. Deus está acostumado às nossas reações repetidas e aos nossos humildes retornos em busca de Seu perdão, sempre dado imediatamente. Uma outra habilidade que desenvolvemos através da maturidade é a autodisciplina ou autocontrole. Quando estivermos envolvidos por uma névoa vermelha provocada por nossas emoções, é melhor pressionar o botão de pausa e colocar alguma distância entre nós e o objeto de nossa agitação emocional.

Não fazer isso pode levar a conflitos e comportamentos que reflitam nossa fragilidade e não a graça de Deus.  Todas as disciplinas são o fruto do compromisso e da prática. Isto é essencial para aprender a se tornar autodisciplinado. Quando deixamos nossas emoções controlarem nossas ações, as coisas rapidamente fogem do nosso controle. Precisamos aprender a analisar e administrar nosso comportamento para que possamos cooperar com Deus em todas as circunstâncias. Isto será um desafio, mas serve como parte do propósito transformador de Deus em nossas vidas.

ESCRITURA A CONSIDERAR: 2 Cr 15:1–9; Pv 25:18–28; 1 Co 9:24–27; Cl 2:1–8.

UMA AÇÃO A TOMAR: Até que ponto você é bom em identificar quando está sendo guiado por suas emoções e não pelo Espírito de Deus?

UMA ORAÇÃO A FAZER: ‘Senhor, ajuda-me a aprender o autocontrole através do encontro com o Espírito Santo em todas as circunstâncias. Amém’

Photo by Denys Argyriou on Unsplash
Micha Jazz is Director of Resources at Waverley Abbey, UK.