No Evangelho de João, 16: 7-15, Jesus mencionou várias coisas que o Espírito Santo fará por nós quando Ele vier. Infelizmente, embora muitos crentes tenham o Espírito Santo hoje em suas vidas, eles não sabem que isto é uma realidade. Como exemplo, penso em um bebê que recebeu uma enorme herança, mas que é totalmente inconsciente, alheio e despreocupado com os seus valores. Hoje, os crentes estão na mesma posição.

Conforto e Verdade

No entanto, o Espírito Santo continua a lutar conosco, apesar da nossa incapacidade de reconhecer a Ele e a Sua orientação nas nossas vidas. Ele está ativamente envolvido em todas as vertentes das nossas vidas para trazer conforto e verdade.

Falando diretamente sobre as obras do Espírito Santo, Jesus disse em João 16: 7-11,

“Mas eu lhes afirmo que é para o bem de vocês que eu vou. Se eu não for, o Conselheiro não virá para vocês; mas se eu for, eu o enviarei. Quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo. Do pecado, porque os homens não creem em mim;
da justiça, porque vou para o Pai, e vocês não me verão mais; e do juízo, porque o príncipe deste mundo já está condenado.”

Orientação Ilimitada

Antes da partida de Jesus do mundo, o Espírito Santo estava ativo na vida dos Seus discípulos, mas em medidas limitadas. Contudo, Ele falou de quando Ele será liberado para o mundo em medidas ilimitadas. Esta demonstração e derramamento do Espírito Santo só pode ter lugar, como Jesus explica, quando Ele deixa o mundo. É, portanto, em benefício dos que creem que Jesus parte. Assim, enquanto Jesus procurou trazer conforto aos Seus discípulos, ao mesmo tempo, Ele também confirmou a declaração profética de Joel.

“E, depois disso, derramarei do meu Espírito sobre todos os povos. Os seus filhos e as suas filhas profetizarão, os velhos terão sonhos, os jovens terão visões.” (Joel 2:28).

Quando o Espírito Santo foi completamente derramado no dia de Pentecostes, Pedro trouxe uma definição apostólica a este movimento, explicando que ele cumpriu a profecia de Joel. O Dr. Lucas regista este acontecimento em Atos 2:15-18.

“estes homens não estão bêbados, como vocês supõem. Ainda são nove horas da manhã! Pelo contrário, isto é o que foi predito pelo profeta Joel:
‘Nos últimos dias, diz Deus, derramarei do meu Espírito sobre todos os povos. Os seus filhos e as suas filhas profetizarão, os jovens terão visões, os velhos terão sonhos. Sobre os meus servos e as minhas servas derramarei do meu Espírito naqueles dias, e eles profetizarão.”

Envolvimento Ativo

É interessante observar que o Espírito Santo lida com o mundo de uma forma diferente da dos que creem em Cristo. Esta distinção é primordial para os crentes compreenderem, porque frequentemente associamos a convicção de pecado dos crentes com a obra do Espírito Santo. Devemos saber e compreender que o envolvimento ativo do Espírito Santo na vida do crente é diferente da vida do mundo.

Em relação ao mundo, Jesus identifica três coisas que o Espírito Santo fará quando Ele vier: Ele convencerá 1) o mundo do seu pecado, 2) da disponibilidade da bondade de Deus, e 3) da libertação do Juízo. Além disso, para os crentes em Cristo, Jesus fornece uma lista separada de obras do Espírito Santo.  

“Tenho ainda muito que lhes dizer, mas vocês não o podem suportar agora.
Mas quando o Espírito da verdade vier, ele os guiará a toda a verdade. Não falará de si mesmo; falará apenas o que ouvir, e lhes anunciará o que está por vir.
Ele me glorificará, porque receberá do que é meu e o tornará conhecido a vocês.
Tudo o que pertence ao Pai é meu. Por isso eu disse que o Espírito receberá do que é meu e o tornará conhecido a vocês.” (João 16:12-15)

Existe algo mais fascinante do que ser liderado pelo Espírito Santo?


Foto de Aaron Burden no Unsplash

Paul Mursalin is a member of the International Board of Barnabas Fund from Guyana.